A ORAÇÃO DE ANA | Por Giselle Prado

No livro de I Samuel, capítulos 1 e 2 é apresentada a história de Ana, mãe do grande
profeta Samuel.

Fui incomodada a ler esses dois versículos, pois Deus queria falar algo comigo através deles e depois a orar em cima disso.

Então os li…

No capítulo 1 conta sobre a história de Ana o qual tinha um desejo muito intenso de ser mãe, porém era incapaz de gerar filhos, pois seu ventre era seco. Ana, portanto era estéril.

Algo vergonhoso e terrível era para uma mulher se casar e não ter filhos naquela época. Todos a zombavam e a julgavam por tal incapacidade.

Mas Ana conhecia o Senhor Todo Poderoso.

Um dia Ana estando em Siló decidiu ir ao templo e clamar a Deus. Ana então se derramou aos pés do Senhor fazendo uma oração poderosa. Poderosa? Sim! Quando falamos com Deus com sinceridade no coração, há um poder sobrenatural.  Ana clamou ao Senhor intensamente pedindo a Ele um filho. Ana não pronunciou sequer uma só palavra que os ouvidos humanos pudessem ouvir, mas seu coração gritava por um milagre de Deus.

Deus ouviu o grito do seu coração e a atendeu. Ana engravidou e concebeu Samuel, grande homem de Deus.

Então no capítulo 2, Ana ora exaltando o nome do Senhor, pois Ele fez seu ventre fértil e engravidar de uma criança.

Reluziram-me então dentro desse mesmo capítulo três versículos: 1, 8 e 9.

Versículo 1 -> Ana diz que o que a manteve de pé foi a alegria da SALVAÇÃO. “Agora tenho uma resposta para os meus inimigos, porque me alegro na Sua SALVAÇÃO” Isso me fez lembrar outro versículo que diz que a alegria é saúde para os nossos ossos. Ana enquanto não havia tido um encontro com o Senhor, enquanto ela não havia se derramado perante o Senhor, ela não havia encontrado a alegria da salvação então andava triste e amargurada. Mas quando ela se colocou diante do Senhor com integridade e sinceridade pedindo a Deus um milagre, TUDO mudou. A alegria entrou em seu coração.

A alegria verdadeira só a encontramos em Cristo Jesus. Cristo é a SALVAÇÃO, portanto se quero ter a alegria verdadeira preciso ir até Cristo, pois é somente nEle que ela habita.
A graça de Deus veio sobre nós através do que Cristo Jesus, o salvador do MUNDO realizou naquela cruz nos dando a salvação. Preciso me alegrar nisso! Preciso fazer desse ato tão maravilhoso a minha alegria diariamente.

Ana nesse mesmo versículo diz que os inimigos dela veriam a benção que ela havia recebido, ou seja, o nome de Deus seria exaltado através dela como um milagre vivo entre todos, pois ela era estéril.

Deus deve ser exaltado através das minhas ações para que todos que estejam a minha volta reconheçam que existe um Deus Todo Poderoso que tudo pode fazer.

Remeto meus pensamentos também, para as situações que vivi com pessoas que jogavam na minha cara declarando a minha inconstância, idas e vindas, desvios e embaraços. Minha dura realidade causada por mim mesma. Vejo-me como Ana. Com a vergonha exposta sobre mim. Mas Deus é poderoso para mudar todas as coisas.

No versículo 8 -> Ana declara o poder soberano de Deus e foi o que eu declarei nessa minha oração. TUDO é permitido por Deus, TU-DO! E todo controle está nas mãos de Deus.

Versículo 9 – Quem sou eu? Que força há em mim?  ”pois ninguém será vitorioso pela sua própria força”.

Ana não tinha o poder de fazer seu ventre ficar fértil somente Deus tinha e tem esse poder. Deus fez com que Ana não só recebesse um milagre, mas como também fez dela um milagre. Ela acreditou em um Deus que ouve quando alguém se dispõe a falar com Ele. Ela foi sincera reconhecendo suas limitações quando se derramou aos pés do Senhor. Ela expôs a sua vergonha e grande vontade que era de ter um filho.

 

O que achou desse texto? Deixe seu comentário ❤