DESCOBRI QUE EU NÃO CONHECIA JESUS | Série: A Verdadeira Cura

Olá, queridos leitores! Como estão? No último texto falamos sobre a importância de aceitarmos a “Verdade” que vem de Deus para que haja cura e libertação verdadeira. Leia, caso não tenha lido ainda.

Hoje, trago aqui uma das experiências mais fortes que já vivi, que ainda tenho vivido e só irei parar de viver no dia em que eu me encontrar com o meu Salvador. Uma experiência que é reflexo de eu ter dito um dia SIM à Verdade. Eu decidi ouvir a Verdade que Ele tinha para mim e aceita-la. A Verdade que dizia que eu ainda não O conhecia. E então eu te pergunto… Você de fato conhece Jesus?

No final do mês de outubro do ano passado, em 2016, comecei a indagar Jesus por qual razão que depois de aconselhar algumas meninas ou orar por elas eu ficava muitas vezes debilitada fisicamente, de cama, com dores no corpo, indisposição, peso sobre os ombros e etc… Muitos me diziam ser retalhação e que eu precisava orar por mim mesma sempre quando terminava de orar ou aconselhar essas meninas. Assim eu fazia… Mas parecia que não resolvia e minha pergunta permanecia.

Passado alguns dias com essa questão em mente, Jesus finalmente me respondeu:

– “Te falta conhecimento”

– “Wow! Conhecimento, Jesus? Então borá comprar alguns livros, fazer alguns cursos a respeito do que trato com vocês aqui no blog e fora dele e pronto! Minha situação estará resolvida!”  – Foi o que pensei…

Logo em seguida lembrei de um seminário, conhecido por muitos que lida com cura e libertação. No dia seguinte após lembrar disso, uma de minhas primas me ligou falando do seminário. Meu Deus, que coincidência! Não hesitei. Era um curso intensivo de três dias. Logo fiz minha inscrição, da minha mãe e do Rodrigo.

Chegado o dia, lá fomos nós. Meu coração ardia por aprender mais de Deus. Mas… Expectativas frustradas. Muita coisa que fora falada pelos ministros condiziam com a palavra de Deus, porém outras nem tanto. Como também os rituais realizados nada condizentes com a Bíblia e orações forçadas. Uma lastima!

Nessa época eu estava em uma igreja onde havia uma certa parceria com esse seminário/ministério de cura e libertação, por isso não tive “preocupações”.

Não sinto de detalhar aqui o que houve nos três dias. E não é porque foi me pedido para não contar, pois acredite você, foi me pedido isso. Eu sei que é estranho e não é correto biblicamente e eu devia ter estranhado isso na hora, mas não estranhei.

“Pois não existe nada escondido que não venha a ser revelado, ou oculto que não venha a ser conhecido.” Lucas 12:12

Porém o foco aqui não é relatar sobre o seminário, até porque mesmo eu NÃO o recomendo à ninguém. O foco desse texto é compartilhar com vocês o que Deus falou comigo através do “erro” que cometi que foi de ir a esse seminário achando que eu adquiriria CONHECIMENTO.

Mas um ponto importante a ser relatado é: no último dia fizeram regressão comigo. Regressão? Sim! Veja, eu sei que Deus em muitas situações de nossas vidas, principalmente nós que sofremos traumas na infância e adolescência, Ele nos faz lembrar de situações que estavam encobertas ou abafadas para nos curar. Então ele nos faz lembrar, mas em nenhum momento ele nos faz REVIVER tal situação. Lembrar é diferente de reviver. Reviver tal situação é regredir. E regressão é uma prática do ocultismo. Pois bem… Foi o que fizeram comigo quando oraram por mim e começaram a perguntar coisas da minha infância, orar e me projetar para o passado me fazendo revive-lo. Lembro-me que foi como entrar em uma máquina do tempo e reviver tudo o que passei na infância. Em nenhum momento vi Jesus. Um nó se instalou na minha garganta quando a moça terminou de orar. Eu realmente não sabia o que havia acontecido. Fui ministrada depois individualmente e foi aí que foi me pedido para não comentar tudo o que aconteceu lá… Porque não obedecer a ela? Pelo simples fato de trazer a luz o que está oculto. Chega de farsas e mentiras no meio da igreja! Eu luto e lutarei sempre pela essência genuína do evangelho de Cristo!

Não quero me estender muito, mas chegando em casa ao deitar em minha cama, senti um medo como eu sentia quando era criança. Não consegui dormir na minha cama. Fui então em direção à cama da minha mãe e lá deitei. Caminhando na direção da cama da minha mãe era como se eu fosse de fato uma criança de 7 anos. Foi bizarro! Deitei na cama e dormi. Passado uma hora, senti uma mão gelada tocando em meu braço. No mesmo instante gritei como nunca gritei na minha vida. Era um grito de morte. Devo ter acordado todos os vizinhos. Meus pais acordaram e começaram a orar. Eu fiquei paralisada, sentada na cama e então a guerra começou …

“O QUE ERA QUE TAVA ACONTECENDO COMIGO?”

Meu Deus! Eu fui voltando ao normal, porém minha mãe por causa do nervoso começou a passar mal… Orei e então ela melhorou. Passou o tempo e eu não consegui dormir mais. Durante uma semana inteira eu não conseguia mais dormir no meu quarto e em lugar nenhum. Foram 7 dias em claro. O pânico tomou conta de mim. O medo não era qualquer tipo de medo. Eu me assustava com qualquer coisa. Não queria ficar sozinha em casa. Foram dias terríveis … Foi de tirar o fôlego!

Permanecer assim não dava! Isso tinha que ser esclarecido.

O que tava acontecendo comigo? Eu havia regredido? Eu não havia sido curada verdadeiramente quando criança e por isso isso voltou? Eu fui fraca de ter ido dormir com a minha mãe? Perguntas como essas surgiram na minha cabeça. Pedi opinião para todos os meus amigos e oração também. Até o momento em que Deus usou um amigo para me dizer:

“Pare de ouvir as vozes das pessoas, pois elas estão abafando a voz de Deus! Procure ouvir a voz de Deus! O que Ele tem a dizer sobre isso?”

Isso foi um alerta pra minha alma como:

“Aquieta-te! Ouça a voz do Seu Deus!”

Comecei então a buscar discernimento sobre a situação e Deus começou a falar profundamente comigo:

“Em nenhum momento quando disse à você sobre conhecimento, eu disse vá e procure um curso ou um seminário. Porém Eu permiti você ir para você ver o quão enganado está o meu povo. Muitos procuram cursos, seminários e até leem a Bíblia e acham que é o suficiente. Porém a letra está matando a muitos. Rituais e orações impostas são como incensos podres subindo ao altar. Será que agora você consegue entender que quando Eu disse sobre conhecimento eu disse sobre conhecer o Deus da letra, o meu coração? Esqueça os rituais! A minha cruz é suficiente! Por acaso não tens fé que é por ela que você é curada e liberta? Aceite o sacrifício da Cruz! Você foi livre de todo medo quando me encontrou nos seus 14 anos de idade. Você entendeu a Cruz e eu te libertei, porém agora que fizeram tal ato de regressão com você tudo voltou. Porém isso que era plano de satanás para matar a você, eu farei dessa situação uma benção.”

Meu coração a cada palavra queimava. Essas palavras não podiam vir da minha mente. Não vieram de mim.

Logo abri a Bíblia e caiu em Jó 42:5

“Eu te conhecia só de ouvir falar, agora Te conheço de contigo andar.”

No mesmo instante tive uma visão.

Me vi ao lado de Jesus. Em nenhum momento vi Seu rosto. Mas eu sabia que era Jesus. Vi Jesus falando coisas para mim e eu obedecendo. De repente vi Jesus pegando em minhas mãos e me colocando sobre Seus pés, assim como os nossos pais faziam conosco quando éramos crianças para nos ensinar a dançar ou ajudar a andar.

Jesus o que quer dizer com essa visão?

Logo Ele voltou a ministrar em mim…

Muitos acham que andar ao lado de Jesus é o suficiente. Eles ouvem a voz de Deus e obedecem. São homens e mulheres que se dizem bocas de Deus nessa Terra. Mas Jesus quer ir além. Ele não quer que sejamos somente Suas bocas e estarmos ao seu lado. Estar ao seu lado é bom? Claro! Mas Ele deseja mais! Ao lado de Jesus, podemos nos distrair com as coisas desse mundo, olhando para direita e para esquerda. Além disso, estamos andando pelos nossos próprios pés. Mas quando deixamos que Ele nos coloque sobre Seus pés, o único que vemos é Ele. Estamos de frente com Ele. Não precisamos enxergar o caminho, pois é Ele nos conduzindo. Além disso, quando estamos sobre o pés de Jesus, estamos tão perto dEle que podemos sentir Seu coração a bater, ao recostar nossas cabeças sobre Seu peito, podemos ouvir sua respiração e sentir o Seu cheiro. Quando estamos sobre os pés de Jesus, não somente falamos e fazemos aquilo que Ele nos ordena a fazer, mas começamos a sentir como Ele sente. Começamos a ter Sua mente. Começamos a sentir suas dores e alegrias.

Os profetas, heróis da fé e avivalistas andavam sobre os pés de Jesus. Eles não olhavam para esquerda e nem para direita querendo agradar os homens, ou segurar multidões usando de artifícios como criar curiosidade nas pessoas ocultando o que Deus realiza. Não forçavam ninguém a nada. Não criavam rituais de cura e libertação. Suas mensagens eram cruas e puras. Eles falavam sobre a cruz! Para eles, a cruz era o suficiente e Deus manifestava coisas maravilhosas!

Mas como conquistar isso? Jesus começou então me dizer …

“Comece a orar como no início. Volte a Me buscar na simplicidade e intensidade no seu quarto. Você achava que Me conhecia, porém só me conhecia de ouvir falar … Estava lado a lado. Daqui pra frente quero fazer com você o que fiz com Jó … Comigo andar, sobre os Meus pés!”

Meu Deus! Que revelação extasiante! Foi como tirar um peso dos meus ombros… Mas para não ficarmos somente em revelações individuais. Deus levantou pessoas para confirmar tal palavra e dizer que tal seminário realmente não é recomendado ir quem realmente deseja CONHECER a Deus.

Nessa mesma semana em que tive a visão, Deus me levou a um Pastor que era ex satanista, ex espírita e ex outras coisas… Ele me relatou experiências que teve com relação a cura e libertação e concordou que o que fizeram comigo nesse seminário foi prática de ocultismo, além de ter me alertado sobre diversas outras coisas que acontecem nesse seminário que não são puras e condizentes com a Bíblia. Depois Deus levantou outros pastores, inclusive da minha igreja para reafirmar as mesmas coisas.

De lá para cá, já perdi as contas de quantas meninas apareceram com problemas semelhantes … Pavor noturno, pânico, medo e etc. Embora ainda não tenho vencido 100%, meu papel como filha é proclamar cura. Não sou eu quem opero. É Jesus! Eu aponto para a Cruz! E é isso que pastores, líderes, apóstolos e etc deviam fazer… APONTAR PARA CRUZ!

Não estou aqui não para atacar ninguém mas para trazer a luz se de fato conhecemos a Cristo ou estamos apenas construindo reinos, seminários, conferências, projetos e ministérios que seguram as pessoas promovendo cura e libertação, onde não há transformação profunda. Deus está cansado disso!

É muito fácil dependermos de um seminário ou de pessoas para sermos curados, mas isso não garante transformação. De nada valerá a cura e a libertação se não houver transformação. Precisamos ser dependentes de Deus!

Deus deseja curar e libertar, e Ele está apontando para Cruz! Olhe para Cruz! É ela que nos faz de fato conhecer a Deus! Ela é suficiente!

“Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” Isaías 53:4,5

Para muitos a cura e libertação é um ato imediato, para outros é um processo … Eu estou nesse processo. Eu preciso conhecer mais a Jesus e ser mais dependente dEle!

Completando isso tudo…

Em uma conversa com um amigo, ele relatou sobre um compositor muito conhecido que faz músicas incríveis e ajuda pessoas com depressão. Porém ele tem depressão. UAU! Cansado de ministrar sobre depressão e ver as pessoas sendo curadas, ele indagou a Deus porque que Deus usava ele para curar as pessoas e ele mesmo não era curado. Deus então o lembrou da passagem que Paulo diz sobre um espinho na carne. O espinho na carne de Paulo o levou a ser dependente de Deus. Deus então falou com ele: “eu não tiro de você essa depressão, porque é através dela que você consegue ser dependente de Mim”.

Outra situação que me recordo é de uma senhora que já faleceu. Eu a conheci. Mulher de oração. Aquelas do coque haha Deus mandava e ela obedecia. Deus pedia para ela levar palavras específicas para pessoas em lugares que ela nem conhecia. Ela ia, fazia e acontecia. Testemunhos tremendos. Ela ouvia a voz de Deus. Porém chegado o último dia de sua vida, ela reconheceu que durante todos os anos de sua vida, ela não havia conhecido o coração de Deus. Em seu leito de morte viu um demônio e um navio. Era um momento de decisão. Ela reconheceu que embora obedecia a Deus, era rixosa em casa entre outras atitudes que faziam dela uma desconhecida perante Deus. Deus por muitas vezes a alertou, mas ela não quis ouvir… Deus continuou a usa-la, porém foi somente no leito de morte que ela reconheceu que não conhecia a Deus e então pediu perdão e tomou posse da cruz de Cristo!

Forte, não? O ser usado não quer dizer nada se não conhecermos verdadeiramente a Deus. Nossas atitudes demonstrarão isso. Não é preciso de espetáculos.

Que doideira! Onde é pregado sobre isso? Quem é que está disposto a viver isso? Parece que queremos ensinar Deus e determinar como Ele deve agir. Mas Ele vem na contramão. Ele quebra as nossas ideias e teologias.

E então fica aqui a reflexão…

Tudo o que Ele queria e esperava de mim era que eu me aprofundasse em conhecimento dEle. Não apenas de letra e cursos. Ele não quer ativismo!

Será que de fato conhecemos a Jesus como pregamos e postamos? Será que não estamos vivendo um evangelho raso demais? Será que não estamos buscando reinos para nós mesmos para sermos reconhecidos e fazer pessoas dependentes de nós mesmos?

A verdadeira cura e libertação está na cruz de Cristo! A verdadeira cura e libertação se consiste em conhecer a Deus. É algo de dentro pra fora! Tome posse do sacrifício da cruz! Chega de rituais dentro da igreja! Isso nada mais é do que macumba gospel!

Eu não conhecia Jesus de andar com Ele. E veja … tantas coisas que faço. Quantas não foram as situações que Ele me pediu para fazer eu fui e fiz. Mas além de ser boca de Deus ele quer que sejamos seu coração.

Me perdoe Jesus por achar que Te conhecia. Leva-me a conhecer-Te! Quero sentir com Teu coração e estar próxima ao ponto chorar com aquilo que machuca Teu coração e me alegrar com aquilo que Te satisfaz!

Você deseja realmente conhecer a Deus? Reconheça isso! Se puder, vá agora mesmo ao seu quarto, feche a porta e comece a clamar: DEUS, EU DESEJO CONHECER A TI! DEUS, EU DESEJO ANDAR SOBRE SEUS PÉS! Ouça esse louvor clique aqui