ABORTO: DERROTE O GIGANTE – Parte 1 | Por Melody Green

Nota da tradutora: Após sair do trabalho, indo para reunião de oração na minha igreja, me deparei com um manifesto acontecendo na Av. Paulista daqui de SP. Logo quis reclamar, pois chegaria atrasada, mas quando avistei uma bandeira no alto, escrito: “Legalização do aborto”,  vi que eu não estava ali por acaso. Há dias que a palavra “aborto” vinha em minhas orações. Meu coração então se encheu de tristeza e vi a necessidade que tínhamos de nos posicionar como cristãos. Então lembrei de Melody Green, esposa de Keith Green. Ativista e cristã, que luta até os dias de hoje, contra a legalização do aborto. Segue abaixo o primeiro artigo incrível escrito por ela na década de 80, mas parece tão recente que chega a assustar.

Esta cena soa familiar pra você? O inimigo estava em guerra contra o Exército de Deus e eles escolheram seu maior homem para lutar. Ele não só tinha 9 metros de altura, mas ele, também, estava coberto de bronze – de seu capacete até suas canelas, e 125 quilos na sua armadura. Ele carregava uma lança de ferro de 33 quilos e tinha sobre o ombro um dardo de bronze.

Seu escudeiro pessoal andava na frente dele. Uma visão incrível, para dizer o mínimo. Imagine a luz do sol brilhando em todo aquele cenário! Seu nome era Golias, e ele desafiou o Exército de Deus a mandar alguém para lutar contra ele. “Matem-me”, disse Golias, “e nós, filisteus, serviremos a vocês – mas, se eu ganhar, vocês nos servirão”. As linhas de batalha foram traçadas. Era tudo ou nada!

De noite e de dia, por 40 dias, Golias ficou importunando no campo de batalha, gritando: “Eu desafio o exército de Israel neste dia; me dê um homem para que possamos lutar juntos.” Suas ameaças e aquele cenário por si só, foram o suficiente para manter o Exército de Deus paralisado. Eles estavam com medo. Deus queria dar a eles a vitória, mas eles estavam perdendo por causa do medo.

Entra em cena o jovem Davi, com sua entrega de pão e queijo. Forte na fé e prático na convicção, ele não suportava ver Deus sendo humilhado. Ele disse: “Quem é esse incircunciso (ímpio) filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?” Quando Davi disse ao rei Saul que combateria Golias, Saul disse: “Você está louco? Golias estava matando pessoas antes que você pudesse andar. Ele vai fazer de você o café da manhã dele! ”(Minha paráfrase) Mas isso não assustou Davi. Ele havia arriscado sua vida matando animais selvagens para defender suas ovelhas, quanto mais cuidadosamente ele deveria defender o nome do Senhor? A honra de Deus estava em jogo.

Sem usar armadura e visivelmente vulnerável, exceto pelo cajado de pastor, uma bolsinha com pedras e uma funda, Davi se aproximou de Golias. Golias, cheio de desprezo e insultado pelo fato de Davi ter sido considerado um desafio digno, disse com sarcasmo: “Eu sou por acaso um cachorro que você vem até mim com paus?”
Davi respondeu:
Você vem à mim com uma espada, uma lança e um dardo, mas eu vou até você em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem você afrontou. Neste dia o Senhor te entregará em minhas mãos, e eu te derrubarei e cortarei sua cabeça. . . Para que toda a terra saiba que existe um Deus em Israel, e que toda esta congregação saiba que o Senhor não livra pela espada ou pela lança; porque a batalha é do Senhor e Ele te dará em nossas mãos.
Quando Golias avançou, Davi correu com confiança em direção a ele e deu o melhor de si. A pedra afundou na testa de Golias e o gigante caiu no chão. Davi agarrou a espada de Golias, o matou. Quando os filisteus viram que seu campeão estava morto, eles fugiram. Então; eles foram vencidos e derrotados pelo exército de Deus. (  I Samuel 17)
Surpreendente? Um milagre? Não. Davi simplesmente acreditava em Deus. O que estava no coração de Davi por Deus foi expressado em ação. O amor é uma atitude.
[Um texto escrito na década de 80 mais atual que muito texto por aí – nota da tradutora]
Estamos na década de 80, mas há um gigante vagando pela terra hoje. Assim como Golias, esse gigante, por medo e intimidação, paralisou quase totalmente o Exército de Deus. Ele é avassalador em tamanho e sua sombra intimida, levando o coração mais valente para as dores da incredulidade. A coisa assustadora sobre ele é que ele é muito difícil de ser visto. As vezes,  algumas de suas vítimas contam sua história, mas muitas pessoas nunca o viram face a face – elas só ouvem rumores terríveis sobre os danos causados por ele ​​em lugares por aí. Na verdade, alguns se recusam a acreditar que essas “histórias de terror” são verdadeiras, e preferem viver em paz, ignorando totalmente o suposto gigante problemático. Mas, na realidade, esse gigante é alto e feio, e ele possui um poder incrível para espantar quase todo mundo que pensa em se opor a ele. Como Golias de antigamente, ele mantém de pé por falta de alguém de o desafie. Alguns líderes que são responsáveis ​​por diferentes setores do Exército de Deus parecem dizer: “É terrível, mas é de se esperar. As coisas estão piorando nos últimos dias. Não há nada que possamos realmente fazer sobre isso, então por que tentar.” E assim, a vida continua – para algumas pessoas é assim…

O nome desse gigante é ABORTO e o grande exército de Deus está com as pernas bambas.

Recentemente, um bom amigo me olhou nos olhos e disse: “Você acredita que verá o aborto derrotado na sua geração?” Abri a boca para falar, mas não consegui emitir nenhum som por alguns segundos até que gaguejei “… Bem, eu nunca pensei nisso … Mas com certeza vou passar minha vida tentando!!” Eu estava encurralada e eu sabia disso. Eu estava envergonhada também. Então, lá estava eu, escrevendo, lutando, falando contra o aborto … E tudo sem uma visão clara da vitória. Eu estava indo em obediência porque eu sabia que deveria fazer isso. Ganhar ou perder, era a coisa certa a fazer. Mas de repente eu vi que algo estava faltando. Onde estava minha fé? Eu poderia fechar meus olhos e contemplar um futuro em que o aborto seria proibido? Eu não conseguia. Eu estava lutando no exército, mas sem esperança de vencer a batalha. Eu estava andando no pecado da incredulidade! Eu não tinha fé porque eu não pedia por isso … “tudo o que não é da fé é pecado.” (Rom. 14:23)

Continue lendo no próximo post …
Traduzido pelo USAMN do texto original do blog Last Days Ministries

One Reply to “ABORTO: DERROTE O GIGANTE – Parte 1 | Por Melody Green”

  1. Hej, szczerze polecam oferte biura projektowego Sztuka Ogrodowa z Warszawy. Bardzo podoba mi sie ich profesjonalizm.
    U mnie zrobili super robote i jestem bardzo zadowolony z rezultatu (moge podeslac kilka zdjec mojego ogrodu)
    link do ich strony: http://sztuka-ogrodowa.com.pl/

Deixe uma resposta