DEUS É QUEM FAZ A FERIDA E É ELE QUEM CURA | Por Giselle Prado

É com lágrimas no coração que escrevo mais esse texto…

Onde irá parar nossa geração ? Será que alguém está disposto a ouvir os gritos de Deus por um homem que O compreenda e seja Sua boca nessa Terra? Senhor, eis me aqui! Você pode dizer o mesmo?

Já perdi as contas das pregações que tenho ouvido sobre pessoas feridas com igrejas, e talvez você, leitor, seja uma dessas pessoas. Pregadores velhos e jovens que estão deturpando a verdade do Reino. Como assim? Comecemos com o versículo que diz:

“Pois é ele quem abre a ferida, mas ele mesmo a trata; ele fere, mas com suas próprias mãos pode curar.” Jó 5:18

Antes que você pare de ler, deixe o Espírito Santo te assegurar: Deus é um Deus de amor, mas não confundamos amor com libertinagem e nem com falta de justiça, temor e santidade.

O ser humano tem uma coisa chamada comodismo onde ele ama morar, mas não foi pra isso que Ele nos chamou. Aliás ser cristão definitivamente não é nenhum um pouco cômodo ou confortável. Esqueça essa ideia de que é fácil ou sei lá… Porque não é! É confronto! E é sobre exatamente isso que o versículo se expressa. Como assim ? Vai dizer que no momento de dor você não buscou mais a Deus do que no momento de alegria, no momento que tudo está ok? Querido, somos assim. Você não é o único! Infelizmente temos a tendência a buscar mais a Deus nos momentos de mais sofrimento e dor…

Deus sempre nos diz para O buscarmos cada vez mais, mas não há temor em nosso coração então sempre prorrogamos essa busca para um amanhã breve que nunca chega, então Deus por nos amar TANTO e querer fazer história conosco, cria uma situação muitas vezes não agradável de dor ou desespero para que a gente olhe pra Ele.

Entende agora? É ele quem faz a ferida em você pra você olhar pro Médico dos médicos e entender que seu lugar é ao lado dEle, buscando cada vez mais Sua presença e amor profundo. Porque meu amigo, essas feridas homem nenhum ou tempo cura. É só Ele! E então é Ele mesmo quem cura pra te mostrar o quanto te ama, o quanto cuida de você e o quanto te quer perto dEle.

Porém não é isso que ouvimos em cima de muitos púlpitos e rodas cristãs. Ouvimos um evangelho fácil e raso.

Estão confundindo feridas com religiosidade e afins. Dizem que a razão de tantas pessoas estarem destruídas emocionalmente, rancorosas com denominações e pastores seja em razão da religiosidade, padrões estabelecidos, sistemas impostos entre outras razões… Mas será mesmo ? Será que há muito tempo não nos desvirtuamos dá vontade plena de Deus? Esquecemos dos seus princípios e de como Ele age? Veja o que o versículo diz. Leia. Releia. É assim como Ele age!

“Pois é ele quem abre a ferida, mas ele mesmo a trata; ele fere, mas com suas próprias mãos pode curar.” Jó 5:18

TUDO o que acontece nessa vida há uma permissão de Deus. Embora muita coisa que aconteça não seja vontade PLENA dEle, há uma permissão por mais louca e ilógica que seja. Permissão de que? Permissão em razão de não perder a sua vida, leitor!

Precisamos PARAR de uma vez por todas de reclamar e remoer sentimentos porque fulano nos machucou, que sicrano nos julgou… Precisamos sair do estado criança espiritual e sermos homens e mulheres maduros que entendem que se Ele permitiu um pastor, um líder, um pai, um amigo, um professor, uma sogra, ou seja lá quem for se levantar contra nós é porque Ele deseja ensinar algo.

Ensinar o que? Olhe para dentro de si. Pare de olhar por um segundo para os que te feriram. Somos poços profundos de ego e vaidade. Não há humildade em muitos de nós. Feridas são como ferramentas para abater nossa prepotência, soberba, ego e vaidade. Nos sentimos superiores a outros e por isso não nos conformamos que fulano se levantou contra nós. Queremos que a nossa vontade seja feita e não a de Deus. Sejamos sinceros. Utilizamos do termo cristão para nos promover. Usamos do nome de Jesus para sermos aceitos. Deus está cheio disso!

Deus é amor, mas Ele também é soberano e Sua sabedoria vai MUITO além da nossa. Será que não estamos sendo loucos suficientes de condenar a religiosidade e sistemas impostos, e abraçando um evangelho em que tudo é permitido por medo de não sermos aceitos ou ferirmos alguém? Como disse Ravenhill, há uma religiosidade revestida de compaixão, ou seja, nada mais é do que o desejo de ser aceito por todos. Mas já sabemos né… Se de fato somos cristão seremos odiados pelo mundo, as feridas virão certamente.

Veja, não sou a favor da religiosidade ou de sistemas impostos. Mas sou totalmente contra nós nos levantarmos contra pessoas que seguem determinadas doutrinas ou sistemas que em razão dessas nos feriram.

Nós perdemos o entendimento que nossas feridas carregam um valor inestimável. Perdemos o temor. Perdemos a sensibilidade de entender a mente de Deus.

Muitas vezes é necessário Deus permitir algo que venha nos destruir completamente pra que Ele gere uma real dependência dEle e não dos homens. Afinal, os homens são falhos, fracos e mortais. Ele não! Ele não falha! Ele é eterno e perfeito!

Agora olhe para Jesus e lembre da situação quando Ele logou ressuscitou e foi de encontro com seus discípulos. O que Ele fez ? Fez Tomé tocar em Suas feridas para Tomé começar a CRER que realmente Jesus havia ressuscitado. Foi necessário TOCAR. Jesus não teve vergonha e nem se recusou a mostrá-las, muito menos refazer seu corpo de maneira perfeita.

Olhe para os apóstolos da Bíblia. Olhe para os avivalistas das décadas passadas. Por acaso eles foram o que foram sem passar por muitas aflições e serem marcados por muitas feridas? De jeito nenhum!

Há tesouros em nossas feridas mas é necessário canaliza-las para o local certo em sabedoria e temor para que delas saia vida e não morte. 

Jesus sabia que Deus havia permitido tais feridas em seu corpo por que Deus nos amava freneticamente e ainda nos ama e desejava gerar vida na humanidade.

Estão se esquecendo também da palavra de provérbios que diz:

“Leais são as feridas feitas pelo que ama” Provérbios 27:6

Hey, minha Bíblia é outra ? Então por favor, voltemos a genuinidade da palavra e paremos de selecionar os versículos que nos convém para agradar a multidão. Se somos de fato cristãos seremos rejeitados pelo mundo e por muitas igrejas. Não nos adianta dizer: “mas aquele que me feriu não me amava”, te pergunto: e Aquele que permitiu a ferida? Deus é amor! Por acaso acontece algo sem o SIM ou NÃO de Deus? É por amor, querido!!!

Não se venda e nem se corrompa pelas muitas feridas que Muitos tem causado em você. Mude sua mentalidade!

Não quero que você se “martirize”. Não, não é isso. Nem muito menos se afogue em pensamentos pessimistas. Mas é buscar ter um coração sábio para compreender o que Deus espera de você, de mim, de nós através dessas situações.

Me envergonho de mim mesma ao ver que muitas vezes me levantei em rebeldia maldizendo Deus e o mundo por alguém ter se levantado contra mim sem ou com motivos… Me envergonho ao ver tantos vídeos no YouTube com tantos pregadores, evangelistas e cantores cristãos pregando um evangelho “mimimi”.

Preciosidade! Oportunidade! As feridas são chances de sermos mais parecidos com Cristo. Será que conseguimos amar quem nos odeia? Isso é fazer uma loucura por Jesus! Será que conseguimos fechar sim a porta da religiosidade como também fechar a porta do ego e vaidade ? Isso é ser Jesus!  
Se preciso for, Jesus, rasga meu corpo inteiro pra ter o meu coração! Eu não quero o Cristo do século 21. Eu quero o Cristo bíblico!

 

 

2 Replies to “DEUS É QUEM FAZ A FERIDA E É ELE QUEM CURA | Por Giselle Prado”

  1. Em vez de perguntar o por que Deus permitiu isso, devemos nos perguntar para que ? O que Ele que nos mostrar, nos ensinar, nos aperfeiçoar..
    Que Deus continue te abençoando ..

    1. Isso mesmo…Glória a Deus!!! Amém, princesa!!! Deus te abençoe também <3

Comentários fechados.