ENQUANTO SOU FRACO, ESTOU FORTE … EM DEUS| Por Lara Dias

Demorei um tempo para digerir que eu não precisava ser perfeita, e muito menos mostrar ser perfeita, mesmo estando em caos por dentro, meu maior erro não foi simplesmente mascarar minha humanidade ao homem, mas sim à Deus.

Talvez por tudo o que eu me propus a fazer, a uma “provável” imagem que achava ter construído, que as pessoas viam em mim, eu me coloquei a responsabilidade de ser ou me mostrar uma muralha, me permiti não dividir as minhas dores ou demonstrar as minhas fraquezas, me coloquei diante de guerras em que eu tinha que segurar a espada e o escudo pesados sozinha, sem nenhum suporte e retaguarda, eu tinha uma imagem a zelar e uma maturidade a ser preservada e que talvez me colocasse certo status. Agir assim só me mostrou o quão imatura eu fui.

Tudo isso eu poupei de ser notado pelo homem, e acabei escondendo de Deus, logicamente Ele é onipotente sobre todas as coisas, onisciente e onipresente, porém, Ele não se envolveria em nada que não fosse convidado a participar e ajudar, eu acabei fingindo minha dor para Deus, eu não sabia mais como orar, eu pensava não precisar falar. Eu dizia e mim mesma: “Ele está vendo tudo acontecer, não posso ir à frente receber orações, não posso demonstrar “pequenez”.”

Para que?

Tanto sofrimento em silêncio, eu achava que não precisava falar, mas se alguém notasse eu poderia me abrir, mas poucos notavam, e mesmo quando percebiam eu não sabia expressar toda angústia que estava dentro de mim, eu me vi desmotivada, desacreditada e quase  desistente do que Deus tem pra mim, me fazer de forte não adiantou nada, e só bloqueou com que eu pudesse me abrir, me permitir ser curada e tratada, entender o tempo da espera, entender porque nada estava acontecendo como eu queria ou esperava, eu me vi como em labirinto, eu não conseguia achar saída, mesmo ela estando tão perto de mim.

Foi aí que caí em mim, eu estava fingindo ser quem não sou, ou melhor quem não precisava ser, com qual finalidade?

Eu confesso ter uma chama ardendo em meu peito de fazer muito mais do que já fiz, de pisar muito mais longe de onde já fui, mas ELE tem me mostrado que antes de ir para onde ELE quer me levar, que antes eu esteja alinhada com ELE, que os meus sentimentos estejam sarados, que os propósitos Dele para mim estejam e sejam movidos a convicção e não emoção, não como movimentos que passam e se esfriam, mas como propósitos que deixam um legado.

ELE não quer desperdiçar tesouros em sacos furados, e eu não quero ser um saco furado. Eu quero ser uma boa reserva do poder de Deus para minha geração.

Vivemos dias em que o status ministerial se tornou maior que Deus, acreditamos que somos o próprio poder de Deus, ao ministrar o louvor e ver toda uma congregação se prostrar em adoração, ou uma mensagem pregada e muitas almas ao fim se rendendo àquela palavra, estamos nos permitindo esquecer que isso é fruto da graça (favor imerecido), estamos esquecendo que somos apenas um canal por onde Jesus está passando e alcançando pessoas, estamos esquecendo que outrora, éramos nós as pessoas fora do palanque que precisavam ser ministradas e alcançadas, não que quem está à frente não precise, os ministros de Cristo também precisam muito de Cristo, estamos vivendo dias em que isso tem sido esquecido.

Diante de grande aflição, o apóstolo Paulo diz: Por três vezes, roguei ao Senhor que removesse de mim. Entretanto, Ele me declarou: “A minha graça te é suficiente, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Sendo assim, de boa vontade me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que o poder de Cristo repouse sobre mim.

Por esse motivo, por amor de Cristo, posso ser feliz nas fraquezas, nas ofensas, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Portanto, quando estou enfraquecido é que sou forte!”  – II Coríntios 12: 9-10

Mostrar a Deus a minha, a sua fragilidade não nos torna piores, mas nos faz ajustáveis para que se manifeste em nós  o poder de Deus, eu e você não precisamos, ou melhor não devemos esconder nossa dor, enquanto fazemos isso estamos impedindo que o poder de Deus se aperfeiçoe em nossas fraquezas.

Enquanto diante Dele nos apresentamos como fracos, Ele pacientemente nos torna fortes.

One Reply to “ENQUANTO SOU FRACO, ESTOU FORTE … EM DEUS| Por Lara Dias”

  1. Eu li tudo que meus pensamentos ja escreveram só que em outras palavras, só li verdades.

Deixe uma resposta