INSPIRE | Por Lara Dias

Você é um jovem sonhador, acredita que sua fome e sede por Deus podem mudar o mundo ao seu redor, acredita que tudo o que arde em você e luta para viver pode ser inspiração para outras pessoas percorrem uma jornada com Cristo, como você dia a dia tem feito.

E quando olha para seu redor, e tudo o que tem vivido, ou o que anseia viver não “inspirou” ninguém? Desistir é o correto? Murmurar? Lamentar e chorar?

Você acha que a solução mais fácil é abrir mão de tudo! Já que ninguém te ouve, para que falar? Já que ninguém me vê, para que se fazer notória?

Você acha que se calando, virando às costas para o que você foi destinado, Deus deixaria de falar àqueles que precisam ouvi-lo? Creio que não! Pois além da voz humana, os céus, mar e terra anunciam a grandeza de Deus. Ainda que o homem se cale, a voz de Deus não deixará de ser manifesta.

Hey, não quero te desanimar, longe disso, porque se Deus te chamou, Ele quer te usar, nós mudamos, mas Deus é imutável! Mas justamente por estarmos sujeitos a mudanças, ele está constantemente disposto a nos moldar e transformar.

Acredito que nossa maior falha como humanos, ou melhor, como filhos de Deus é rejeitar a sua filiação, assim como o nosso pai terreno, Deus é para nós um Pai celestial, além de educar, e nos dar amor, o que mais um pai está comprometido com seu filho? A instruir certo? Enquanto humanos, nós passamos da infância até a vida adulta em constante processo de aprendizado, e cada geração que antecedeu a nossa, em que âmbito quer que seja,  nos deixou instruções de como construir uma história.

Onde quero chegar?

Em nossa concepção humana, o nosso “fracasso” ministerial, o “fracasso” em nossa missão, em cumprir nosso chamado, está tão somente ligado em nós mesmos, em acharmos que depende de nós.

Infelizmente, estamos todos os dias tão obstinados em alcançar esta corrida que esquecemos que um bom corredor precisa de todo um processo de capacitação, treinamento e aprimoramento para alcançar seus objetivos, e muitas vezes, até que você mesmo alcance o seu lugar, verá muitos passarem a sua frente, mas não quer dizer que sua vez de ganhar a corrida não chegará!

Como numa corrida de bastão/revezamento, você não pode correr de forma acelerada demais para atrapalhar quem está em sua frente, e nem devagar demais para não atrasar quem vem logo após você. Não sei se já treinou esse tipo de atividade, mas quando se assiste uma corrida de revezamento é nítido quer o primeiro corredor tem a função principal, pois se ele não correr com garra e determinação, ele compromete toda a corrida, e seus competidores. E após o passe de bastão, sucessivamente, aquele que corre primeiro precisa estimular os que vem atrás, e também respeitar o momento certo de passar o bastão, e enquanto a vez dos que correm atrás para completar a corrida não chegam, eles também não podem esmorecer para que a corrida não seja prejudicada.

Talvez você esteja angustiado por estar antecipando pegar um bastão que você ainda está sendo estimulado a carregar. Nossa geração precisa entender que sem honrar a geração dos que correm em nossa frente, não podemos carregar o bastão de honra que um dia estará em nossas mãos, ainda estamos sendo treinados e estimulados a receber ele, e quando o possuirmos, será nossa vez de correr uma corrida com excelência para que a próxima geração conclua a corrida.

Não é vergonhoso correr sem grandes resultados, afinal muitas vezes a vitória está em preparar bons corredores que concluirão a corrida em nosso lugar.

Muitas vezes estamos focados em ganhar, quando na verdade nosso chamado está em motivar e inspirar.

One Reply to “INSPIRE | Por Lara Dias”

  1. I think this is one of the most significant information for me. And i am glad reading your article. But should remark on few general things, The web site style is perfect, the articles is really great : D. Good job, cheers

Deixe uma resposta