NÃO CONDICIONE O SEU CHAMADO | Por Lara Dias

Hoje mais do que nunca meu coração se alegra por estar com Jesus, eu sou infinitamente grata pela graça que me alcança todo dia, e como não falar dessa graça para outros? Ok, talvez em outros textos meus, eu repetidamente tenha falado sobre isso, mas é impossível me conter. Se houvesse a possibilidade de subir ao topo do mundo, e que de alguma forma sobrenatural minha voz alcançasse os 4 cantos dessa terra, eu gritaria sem pensar duas vezes: JESUS É REAL, SE AINDA NÃO O CONHECE NÃO PERCA MAIS TEMPO!!

Porque estou falando isso?

Primeiro eu preciso dividir com vocês que estou imensamente feliz pois Deus me concedeu a oportunidade de embarcar em minha segunda viagem missionária, em julho estarei levando a palavra do Senhor ao estado de Minas Gerais, na cidade de Itajubá, e terei o privilégio de estar levando o amor de Jesus a muitas vidas que ainda não o conhecem. Somos agentes do céu aqui, somos ponte, canal de acesso para que outros se acheguem a Ele, enquanto eu viver e tiver forças para tal missão, a farei com amor, não me vejo cumprindo outra missão senão essa, amar não como Ele, porque o amor dEle é incomparável, mas quero deixar jorrar, transbordar o amor que Ele me faz sentir todos os dias!

Engraçado disso tudo é que Deus esses dias me deu um sonho inspirador sobre missões, o mais interessante é que tudo se realizava dentro da minha faculdade, tentarei narrar com precisão o que Deus me levou, e creio que vai muito além de uma experiência para que eu individualmente viva, mas para que nós jovens cristãos tenhamos a ousadia de mudar o cenário em que estamos:

“No meu sonho, eu estava na minha faculdade andando pelos corredores sozinha, quando distante, ouço uma voz suave um violão afinado, um som gostoso de ouvir, segui esse som até identificar ao certo de onde vinha, e, como eu desconfiava, era um louvor a ser entoado! Uma pessoa sozinha estava a cantar, sem conseguir atrair muita atenção, resolvi me juntar a ela, e nisso outras pessoas se juntaram, quando vi já éramos em muitos cantando juntos e pessoas se aproximando, algumas era nítido que estavam sendo tocadas… parecia muito o trabalho que realizo com meu ministério nos parques e ambientes urbanos, as pessoas iam se achegando, algumas por entender o que era, outras por curiosidade, acabavam ficando ali.”

Logo acordei e me deu saudade da frequência em realizar os trabalhos de evangelismo urbano, devido ao período de provas na faculdade e agenda da igreja, não pudemos realizar com frequência os evangelismos, e de certa forma meu coração estava triste comigo mesma. É difícil compreender mas não somos super homens ou mulheres, temos que honrar o que Deus nos dá, e meus estudos também é presente de Deus para mim. Tive que entender as circunstâncias, respeitar uma agenda que foi estabelecida em meu ministério, mas esse sonho acendeu algo em mim e uma pergunta eu me fiz:

Por que condicionar aquilo que há dentro de mim?

Por que ser e fazer o projeto de evangelismo apenas dentro de uma data estabelecida? Por que evangelizar ou praticar aquilo que é da vontade de Deus só na limitação de um calendário? Deus nos dá liberdade para sermos luz em todo lugar, em qualquer circunstância!

Por que não entregar um versículo preso numa flor no meu intervalo para os outros alunos, para algum professor? Por que não levar um violão pra faculdade e no meio do intervalo entoar um louvor?

Há tantos jovens morrendo ao nosso redor nas universidades por nada, e nós estamos inseridos em ambientes que nem imaginamos, mas podem sim através de nós ocorrer milagres!

Isso falou muito comigo e não poderia deixar de transmitir a vocês.

Sejam luz, sejam a vida de Deus onde estiverem, sejam a porta, a ponte, o ponto de acesso para encontros com Jesus.

Pare de condicionar o seu chamado de levar vida, onde estiver Ele conta com você para mudar histórias, para fluir a vida de Deus!