OLHANDO PRA DENTRO DE MIM | O dia que eu me assumi

1fbd57b9acef7a5fe2f1d1df482a5c1d

 

Sim, eu me assumi. Você não leu errado… Não foi fácil chutar o pé da barraca e dizer: CANSEI. Mas eu fiz, e não me arrependo. Seguido de um dia não tão normal onde o frio e chuva estão presentes em minha cidade, parei, olhei a minha volta e percebi que todo mundo tem algo a assumir, meu caso não seria diferente.

Eu assumo. Assumo e confesso que sou extremamente pecadora e que não mereço nem ter este texto publicado com meu nome de autoria, afinal quem escreveu foi Jesus, eu só tive permissão de posta-lo. Se somos a luz do mundo (ou deveríamos ser) porque insistimos em ocultar ou negar nossos pecados? Cristo nos chama para a luz, luz essa que revela quem realmente somos e o que já fizemos, seja bom ou não.

“Falando novamente ao povo, Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida”.
João 8:12

Uma vez na luz é hora de se despir de toda escuridão causada pelo pecado e confessar a Cristo não somente eles, mas confessar que agora você faz parte da luz. Creio que se despir diante de Deus é um dos processos mais difíceis da caminhada Cristã. Quem se despe mostra ter intimidade num alto nível que somente uma caminhada dia a dia resultara.

Tenho buscado essa caminhada e essa intimidade há bastante tempo, com quedas e tropeços, afirmo que demorei muito aprender a fazer isso (ainda estou aprendendo) uma peça por vez é o que Jesus te pede.

Minhas peças eram infinitas e ainda são, o que muda agora? Sua graça sobre mim, seu amor que é gritante. Fui entregando a peça da magoa, do ódio pelo meu pai, das mentiras, da ignorância com meus amigos e familiares, da rispidez com quem não tinha nada a ver com minha vida, da falta de fé, da falta de amor, da ansiedade que me causava palpitações e falta de ar, da insônia que me consumia, dos pensamentos automáticos que eu desejava trocar de cabeça com alguém, da bebida que cheguei a experimentar, do fenômeno de comportamento, da ira, do ego inflado, da cobiça, da bajulação, da pornografia, do medo, da traição, da vergonha (a lista é enorme).

Mas Jesus pegou cada uma delas, e quando ameaço querer-las de volta, Ele me da à peça do seu amor e me mostre que a suficiência dEle ultrapassa os céus.

“Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.
1 João 1:8-9

Permita-se entregar cada minúscula peça para Jesus, Ele não te julga e sim te abraça, ele não se importa com seu passado, mas quer mudar seu presente. Se você não sabe na genealogia do mesmo uma prostituta esta no meio (Raab), Cristo veio e mudou o presente. O amor dEle é maior que qualquer coisa, mais profundo que qualquer abismo, e mais forte que a própria morte, pois Ele é a vida.

Assuma-se.

2 Replies to “OLHANDO PRA DENTRO DE MIM | O dia que eu me assumi”

  1. muito bom. Grata por esse texto.

    1. Gloria Deus! Que Ele, continue falando…

Deixe uma resposta