SENTA AQUI… PRECISAMOS CONVERSAR SOBRE DAVI | Por Giselle Prado


Sim… Minha história preferida. Davi, o homem segundo o coração de Deus…

A partir de uma conversa com um amigo no carro após o batismo do meu amor, senti de escrever sobre o que o Espírito Santo havia ministrado em meu coração. Será que é possível nos dias atuais existir um homem ou uma mulher cujo o coração seja segundo o coração de Deus? O Espírito Santo então ministrou em meu coração…

Sem dar voltar, vamos ser objetivos. Sim! É possível! Mas o que torna isso possível?

Houve uma época em que eu havia determinado para mim mesma que leria o livro de Salmos inteiro de uma forma diferente. Eu simplesmente não leria os versos por ler, mas leria e depois refletiria sobre o que li. E assim pude ver o agir de Deus na vida de um homem que foi chamado “o homem segundo coração de Deus”.

Se formos ler os versos escritos por Davi no livro de Salmos, poderemos ver sua sinceridade expressada em letras de forma tocante. Davi, tinha um relacionamento tão íntimo com Deus que nele não havia vergonha de dizer o que se passava em seu interior, por mais terrível que fosse. Ele simplesmente dizia por que sabia que o Deus a quem ele servia não era um Deus acusador, mas era um Deus cheio de misericórdia e amor. Davi conhecia o caráter de Deus. Davi conhecia a cultura do Reino e além de tudo, fazia de Deus o seu melhor Amigo.

Podemos ver em muitos capítulos do livro de Salmos, Davi expressando suas tristezas, temores, cansaço e muitas vezes até mesmo raiva dos povos inimigos. E se formos ler sua história nos livros de I e II Samuel, veremos o quanto Davi pecou. Davi adulterou, matou e não foi um pai excelente, e mesmo assim foi chamado de homem segundo o coração de Deus.

SINCERIDADE! Davi não mascarava quem ele era, mesmo errando, pecando, e muitas vezes entristecendo o coração de Deus, Davi sempre foi sincero com Deus, reconhecendo quem ele era e quem era Deus, como está escrito no salmo 139. Suas orações, eram conversas sobre o seu dia a dia… Muitas delas escritas.

Davi era QUEBRANTADO. Se formos ler o salmo 51 podemos ver ali, um dos versos mais lindos escritos pelo poeta e músico. Vemos ali a essência do arrependimento. Em nenhum momento Davi se justificava pelos seus erros, mas reconhecia que havia pecado e ferido o coração do seu melhor amigo, Deus.

Davi era DEPENDENTE de Deus e de Suas palavras, conselhos. Davi como poeta, escritor, músico, amava compor versos e letras melódicas, como também amava refletir e meditar nas palavras do Seu melhor amigo, (salmo 1), Deus. As palavras do seu melhor Amigo traziam para ele paz, direção e alegria (“A Tua palavra é lâmpada para guiar os meus passos, é luz que ilumina o meu caminho.” salmo 119).

Mediante a isso pude ver que é possível sim, para um homem ou uma mulher ter um coração segundo o coração de Deus. Deus só quer que eu seja sincera, quebrantada e dependente dEle buscando diariamente um relacionamento com Ele com base na sinceridade. Pois assim como queremos agradar nossos amigos por que os amamos, assim também era com Davi e deve ser comigo. Agradar a Deus por amor. Um amor que é construído através desse relacionamento sincero. Após ter tido esse entendimento minhas orações mudaram. A maneira como eu começara a orar, mudou! Meu relacionamento com Deus mudou. TUDO MUDOU!

Para que usar máscaras e esconder algo de Alguém que tudo vê? Tolice! Ele é ajudador! E ele tem prazer na sinceridade, na pureza, na transparência e no reconhecimento de quem somos, pois é ai que consigo enxergar de que SEM DEUS, nada somos! Assim teremos um coração segundo o coração de Deus, pois não seremos somente sinceros com Deus, mas também seremos com todos os que nos rodeiam. Viveremos em verdade e Espírito. Viveremos sem hipocrisias. Sem mentiras.

“Jesus, senta aqui… Precisamos conversar…” Minhas orações passaram a ser conversas íntimas com Deus. Sim… Comecei orar de forma conversativa, contando sobre meu dia… Assim como Davi. Muitas das vezes em tom de voz, e outras vezes em tom de tinta saindo da caneta sobre o papel. De todas as formas Ele atendia. Ouvia e ouve! Basta ser sincero!

O que achou desse texto? Deixe seu comentário ❤