Vitória Alves – 17 anos

Manhuaçu – Minas Gerais

Bom, nasci e cresci em uma família maravilhosa. Nós tínhamos o hábito de ir à igreja de vez em quando e só. Não tinha compromisso e muito menos mudança de vida. No começo da minha adolescência, passei por momentos difíceis. Rebeldia, problemas com autoestima, de auto aceitação… Via-me rejeitada por todos, até pela minha família que sempre me amou. Tentei preencher todo esse vazio com coisas do mundo, no começo pensei que aquilo era o que me fazia bem, mas como todos sabem essa “alegria” não durava muito tempo. Eu era uma pessoa fria, mal humorada e insatisfeita com tudo. Até que comecei a frequentar uma igreja, as coisas estavam melhorando e aí fui com aqueles jovens para um congresso. QUE CONGRESSO! Foram os melhores dias da minha vida, dias que Deus tinha escolhido para me resgatar de vez, e assim foi. Meu primeiro encontro com Deus! Ao sair daquele congresso não quis mais ser a mesma, tinha uma chama acesa que eu jamais queria que apagasse, era o primeiro amor! Então, Deus se encaixou perfeitamente naquele vazio, pois aquele vazio que eu pensava tratar de coisas mundanas era o encaixe perfeito com o Criador! Hoje Ele é a alegria, a bondade, o amor… Tudo de bom que há em mim. Hoje Ele é o motivo e o responsável por eu acordar todos os dias. Dia após dia, a graça me alcança novamente. O amor dele me molda me refaz, me chama de filha e esse mesmo Amor, enche as lacunas do meu ser.